Estive a pensar que título devia dar a este meu post e, depois de pensamentos que me levariam a ser igual aos responsáveis deste país, desisti e resolvi chamar-lhes "Os Alienados".

 

Nos últimos anos e esquecendo as conotações partidárias, esquerda, direita, centro, etç., só posso pensar que Portugal, tem estado a ser governado por alienados mentais. Eu tento não ouvir esses maltrapilhas imorais a que chamam políticos mas, de vez em quando, sou obrigado a gramá-los! Foi o caso de ontem. Acabei por dedicar grande parte do meu tempo a ouvir as conversas desses maltrapilhos.

Foi apenas para ver se conseguia fazer uma síntese onde conseguisse aproveitar qualquer coisa de interesse para este país. Mas não! Apenas consegui obter palavras impróprias para usar e sem qualquer dignidade para usar nos meus blogs.

 

Conclui, então, que Portugal tem sido governado por homens pindéricos que vão sobrando aqui e ali e que nós temos a inglória de os escolher como homens de bem para governar o país. Pudera! Não temos outros!

Analisados quase todos eles, na sua vida governativa ou seus coadjuvantes, conclui que não passam de pessoas, cuja maioria nunca fizeram nada e sempre viveram à custa de pais e avós. Por isso, estas gentes, nunca podem ser bons governantes!

Nunca fizeram a ponta de um corno a não ser, pendurarem-se nos seus protectores que agora acabam por ter a sua paga, por ajudarem a criar monstros. Eles estão-se nas tintas para os seus avós e para os avós dos outros. Uns já deram o que tinham a dar e outros que se lixem eles e o que deram.

 

 

O que o país precisava ...

 

É o que tem feito o Governo de Passos Coelho. Roubar o cidadão, tanto quanto puder para agradar a pulhas que não percebem nada deste país nem dos deles.

Roubam pessoas que passaram a vida a trabalhar e que nunca lhe pagaram um ordenado condigno, alimentando-lhes a esperança com alguns rebuçados para que, mais sobrasse para pulhas semelhantes aos actuais enchessem o cu!

Foi o que aconteceu pelos anos fora.

Dou como exemplo, algumas poucas regalias que os trabalhadores foram obtendo em troca de menos ordenado. Caso dos trabalhadores da CP e muitos outros que, nos meus tempos de trabalho eram considerados como direitos adquiridos e que as empresas que ainda abraçavam alguma dignidade por aqueles que tudo lhe deram e as foram mantendo.

 

Dou como outro exemplo o direito que deveria ser inalienável dos reformados.

Os reformados passaram a vida a descontar para, quando chegassem à tal idade negociada, tivessem a sua reforma. Para isso abdicaram de muitas coisas nas suas caminhadas para fazerem esse pé de meia para a velhice e, agora, chegam os tais alienados a lhes mostrarem que se estão nas tintas para os sacrifícios que fizeram e que a altura dos sacrifícios chegou agora.

 

Isto é gente para se estar nas tintas para os direitos mais sagrados dos trabalhadores que tudo fizeram, acordado com o estado, para na velhice terem o seu pé de meia. Por isso eu digo que os trabalhadores de Portugal, que sempre se sacrificaram para alimentar as chulices do Estado, chulices alargadas com o "charme" do 25 de Abril, como podemos ver pelas reformas chorudas que uns e outros foram enchendo o rabo, como se tem visto pelos deputados que vivem sacrossantos às nossas custas na Assembleia da República onde conseguiram benefícios de reformas "gatunas" e para isso sempre estiveram de acordo, vermelhos, cor de rosa, azuis ...

 

 

... mas, estamos assim!

 

No entanto, não são capazes de se organizar para meter este país nos eixos, limitando-se a defenderem as suas damas por mais vergonhosas que elas sejam. Não é por acaso que me enoja ouvir as estirpes que sustentam governos tão vergonhosos como eles.

Mete-me nojo o Passos Coelho e sua comitiva, metem-me nojo os "Seguros" que também deviam ter vergonha do que fizeram ou permitiram que se fizesse e metem-me nojo todos os outros que se limitam a falar de coisas que não interessam à custa de quem lhes paga.

No fundo, cada um à sua maneira, todos se estão nas tintas para o povo.

Por isso, por uns motivos e por outros, os classifico de "Cambada de Alienados Mentais"!

 

Penso que já disse uma vez por aqui, ao Passos Coelho e sua comitiva que deviam fazer as malas e ir-se embora e estava certo. É uma vergonha o que esta gente se propõe fazer, cada vez que se levantam a pensar como devem ir buscar dinheiro ao contribuinte.

Facturas para o cafèzinho? Quantas vezes, aproveitando o minuto ou o segundo, pelos anos fora e ainda hoje, eu e tanta gente, já vamos com o troquinho na mão para o café para não perder tempo, quanto mais ficar na bicha a pedir a factura!

São ou não são alienados?

 

Até nisso, essa malta arrisca fazer descer as receitas!

***********************



Sei que não há homens perfeitos mas, também sei que há uns mais perfeitos que outros. Sempre admirei Abraham Lincoln e, a sua casinha de madeira, por tudo que li sobre ele. Achava, noutros tempos, que ele seria um bom Rei do Mundo

tags:
publicado por Ventor às 13:12