Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salpicos, em Páginas Brancas

O Cântico do Cisne. Gostaria que as penas brancas dos cisnes da Amadora fossem as Páginas Brancas de belos contos de fadas encontrados durante as minhas caminhadas. Mas não. Eu e os cisnes só ouvimos tristezas!

O Cântico do Cisne. Gostaria que as penas brancas dos cisnes da Amadora fossem as Páginas Brancas de belos contos de fadas encontrados durante as minhas caminhadas. Mas não. Eu e os cisnes só ouvimos tristezas!

Salpicos, em Páginas Brancas

Túmulo do rei D. Duarte (1391-1498) e da rainha D. Leonor de Aragão (1442-1445)



Na Rota de Apolo





Na Rota de Apolo, como o Vexiloide de Alexandre Grande



Planeta Azul - Na Rota do Lince Ibérico


O Lince Ibérico, retirado da Wikipédia atribuído ao "Programa de Conservación Ex-Situ del Lince Ibérico


Luis de Camões nos Jerónimos


17
Mar04

Colaboração

Luiz Franqueira - Ventor

Amigos, como podem ver, eu sou um pato simpático. Acompanhei o Tomás pelos jardins da Gulbenkian e o Ventor pediu autorização para me fotografar. Servi de guia ao Tomás que se fartava de rir sempre que eu tentava apanhar alguma coisa debaixo de água e ficava de rabo para o ar a assenar.

 pato3.jpg

 

Depois enchi-me de coragem, saí da água e acompanhei o Tomás e o Ventor pelo jardim. Claro que para tudo há uma paga e não sendo eu de regime capitalista ou outro, tenho de viver com eles. Acompanhei-os e o Tomás ia pagando a minha companhia com bocaditos de bolo. Claro que eu sou um pato de bem e quando o bolo acabou continuei com eles pois não sou pobre e mal agradecido. Para mim, amigos são amigos!

 Tomas.jpg

 

Pato e Tomás E assim, ajudei o Ventor a preencher mais uma das suas páginas brancas e o Tomás a conhecer melhor o mundo de que faz parte. Eu fico por aqui a ver se aparecem mais amigos como estes e sei que voltam sempre. Cá esperarei o Tomás e o Ventor pois já ficamos "amigos para sempre".




Sei que não há homens perfeitos mas, também sei que há uns mais perfeitos que outros. Sempre admirei Abraham Lincoln e, a sua casinha de madeira, por tudo que li sobre ele. Achava, noutros tempos, que ele seria um bom Rei do Mundo

4 comentários

Comentar post